PROJETO ROCK & ARTE

PROJETO ROCK & ARTE

No próximo dia 08 de setembro haverá a segunda edição do Rock & Arte! Um Evento em praça pública, trazendo bandas da região para mostrar o que elas sabem fazer de melhor: Rock’n Roll!

Nesse fest, os parceiros da banda Eletromotriz (Garopaba) junto com a Forsik (Floripa), trazem no seus repertórios músicas de próprio punho além de covers clássicos, e os paranaenses da banda Krucipha toparam fazer presença de peso com Thrash Metal de qualidade!

O Rock & Arte terá inicio as 13 hs, no dia 08/09, dando movimento, música e mais vida no mesmo local de sempre: Praça Henrique Lage.

E a entrada é franca, não paga nada pra abraçar a causa e curtir várias bandas da cena underground, e em plena tarde de domingo! LET IT ROCK!

rock

 

 

  • O projeto visa, em um ponto inicial, usar espaços públicos do território imbitubense para apresentar o trabalho de bandas do cenário rock’n roll local. Lembrando que o rock é uma cultura mundial, com mais de 60 anos, fortemente enraizada na forma em que o mundo se expressa artisticamente, exalando as idéias filosóficas de uma geração.
    Imbituba tem um histórico com mais de 10 bandas que se destacaram na cena da região sul catarinense, lançando discos de forma totalmente independente e ganhando reconhecimento pela qualidade artística.
    A idéia é que as bandas divulguem seu trabalho e ajudem a servir de espelho pra que este tipo de cultura, que envolve além da música, poesia , comunicação e artes visuais, se estabeleça como um expoente em Imbituba.
  • Banda Krucipha

    Banda Krucipha

    Banda Eletromotriz

    Banda Eletromotriz

    Banda Forsik

    Banda Forsik

    Sobre as bandas e artistas que quiserem se apresentar:

    – Devem ter no mínimo três músicas autorais, pois a ideia é incentivar a criatividade e levar à público a expressão artística particular de cada um. Porém as bandas poderão incluir covers no repertório.

    – As apresentações serão realizadas uma vez por mês ou a cada dois meses, inicialmente na Praça Henrique Lage.

    – O projeto tem caráter de divulgação e interação entre as bandas locais, apenas. Não há fins lucrativos, pois o objetivo é movimentar a cena musical na nossa cidade.

    – Os artistas interessados em tocar nos próximos eventos devem entrar em contato, postando aqui no grupo mesmo. O ideal é que tenham alguma gravação, em estúdio ou ao vivo, para que seja feita uma pré-avaliação do trabalho autoral. 

    Pedimos a todos que divulguem o projeto e deem sugestões para incrementar os próximos eventos. 

    Conseguimos o espaço. Agora o resto depende de nós!!
    Cultura, boa músicas, boa arte e bons momentos é o que queremos!

 

Apoio cultural: MUSICAMIL Escola de Música e Loja de instrumentos musicais

 

BANDA IMBIGROOVE NO EL COYOTE

BANDA IMBIGROOVE NO EL COYTE

A banda Imbigroove estará fazendo show no próximo sábado no Bar El coyote à partir das 23:00. A Banda imbigrove  é formada por Amilton – Voz & vocal    Chapolin – Contrabaixo    Tato   Bateria

Apoio Cultural: MUSICAMIL Escola de música e loja de instrumentyos musicais

ESTÚDIO DE GRAVAÇÃO JRX EM IMBITUBA

ESTUDIO DE GRAVAÇÃO JRX EM IMBITUBA SC

A cidade de imbituba ja vem a alguns anos revelando vários talentos locais, ou seja, músicos que fazem música própria e sentem a necessidade de grava-las e consequentemente divulga-las.

Bem, é nesse momento que surge a figura de José Roberto de Souza mais conhecido na cidade como “Chapolin”. José Roberto é produtor,arranjador,músico multi-instrumentista.

Muita gente boa já passou por seu estúdio incluindo a Banda Diemordinate de Laguna e Teto Fernandes de Imbituba.

José Roberto Chapolin  é membro da Banda Imbigroove onde é contabaixista .

chapolin

Apoio Cultural: MUSICAMIL

AULA DE BATERIA EM IMBITUBA SC

AULA DE BATERIA EM IMBITUBA SC

dm6

bateria é um conjunto de tambores (de diversos tamanhos  e timbres) e de pratos  colocados de forma conveniente com a intenção de serem percurtidos por um único músico, denominado baterista , geralmente, com o auxílio de um par de baquetas ou vassourinhas , embora no caso de alguns executantes, possam também ser usadas as próprias mãos.

Os estudiosos consideram que a voz foi o primeiro instrumento musical surgido. Seguindo esse raciocínio poderemos considerar os instrumentos percussivos, os primeiros instrumentos criados pela humanidade, uma vez que, batendo seus bastões ou os próprios pés no chão ou em pedras e madeiras, os homens da Antigüidade já marcavam o ritmo para as danças e cerimônias religiosas e até se comunicavam por esse meio. Os primeiros tambores provavelmente consistiam em um pedaço de tronco de árvore oco (furado). Estes troncos eram cobertos nas bordas com a pele de algum réptil ou couro de peixe e eram percutidos com as mãos.

 

 

batera

 

O primeiro pedal prático foi inventado em 1910 por, Willian F. Ludwig, que criou o primeiro modelo de madeira e logo depois, com o aumento da procura, passou a desenvolver junto com seu cunhado, Robert Danly, o modelo do pedal em aço que foi vendido para milhares de bateristas e serviu de base para criação dos modelos mais avançados que temos hoje.

 

tama

 

Outra invenção aparentemente simples que possibilitou o surgimento da bateria foi a estante para caixa, que antes os bateristas usavam cadeiras para apoiá-las ou dependurava nos ombros com uso de correias.

Uma vez que pedais e suportes para caixas práticos se tornaram disponíveis, um único baterista poderia executar o trabalho antes feito por três. E assim nasceu a bateria ? ou “trap set” como foi chamada inicialmente.

Hoje, em evolução constante, a bateria recebe cada vez mais atenção de fábricas e engenheiros, que pesquisam junto aos bateristas para desenvolver o melhor modelo de cascos, baquetas, ferragens e pratos. As inúmeras fábricas crescem a cada dia no mundo e no Brasil e nós como admiradores desse instrumento devemos estar atualizados com essa evolução, buscando a cada dia conhecer mais o instrumento.

 

A MUSICAMIL dispõe de aulas de bateria utilizando material apostilado com partitura exercícios e músicas.

Aula de Teclado/Piano em Imbituba

Aula de Teclado/Piano em Imbituba

yamaha_np31

Os principais artistas da música, assim como grandes dançarinos, tocam (ou tocavam) piano. A maioria dos métodos aconselha o dedilhado com as mãos, porém há métodos mais radicais que o sugerem com os pés.O som é produzido por peças feitas em madeira e cobertas por um material (geralmente feltro) macio e designados martelos, e sendo ativados através de um teclado, tocam nas cordas esticadas e presas numa estrutura rígida de madeira ou metal. As cordas vibram e produzem o som. Como instrumento de cordas percutidas por mecanismo ativado por um teclado, o piano é semelhante ao clavicórdio e ao cravo.

                   Os três instrumentos diferem no entanto no mecanismo de produção de som. Num cravo as cordas são beliscadas. Num clavicórdio as cordas são batidas por martelos que permanecem em contacto com a corda. No piano o martelo afasta-se da corda imediatamente após tocá-la deixando-a vibrar livremente.

O piano foi inventado por um italiano, Bartolomeo Cristofori (1655-1731), no início do século 18 mas só vingou no final desse século ao ser usado por grandes músicos como Carl Philipp Emanuel Bach, Mozart e Beethoven.

      A diferença principal do piano em relação ao cravo – que era, então, o mais difundido instrumento de teclado – é que o piano tinha controle de dinâmica, ou seja, o executante poderia imprimir intensidade ao toque, variando do “piano”, palavra italiana que significa “suave”; ao “forte”, ou seja, o oposto.
Daí o nome do instrumento, “gravicembalo col piano e forte”, que passou, posteriormente, a ser apenas conhecido como “piano”. 
Durante o século 18, porém, quando o piano ainda estava sendo aperfeiçoado, duas nomenclaturas foram usadas para designá-lo: “pianoforte” e “fortepiano”; e até hoje é comum elas aparecerem quando a referência é a pianos antigos ou suas réplicas.

      
        Portanto quando você ouve os termos “pianoforte” ou “fortepiano”, estes estão referindo-se a um mesmo instrumento: o antigo piano, ainda de sonoridade frágil, sem pedais e de tessitura mais estreita. Há apenas uma exceção: na Itália, ainda é comum as pessoas usarem o termo “pianoforte” como sinônimo de piano, seja ele moderno ou antigo.

    

 

A MUSICAMIL dispõe de aulas de Teclado/Piano  utilizando repertório dos grandes nomes da música clássica e popular.

 my piano

Aulas de Violão em Imbituba SC

Aula de violão em imbituba no centro da cidade

acoustic 1

O violão instrumento derivado do alaúde árabe levado pelos mulçumanos para a península ibérica e adaptando-se muito bem às atividades da corte.Por meados do ano de 1800, o violão já era conhecido no mundo todo e tocado por músicos notáveis como Schubert, Paganini e Weber que compuseram belíssimas páginas musicais especialmente para violão.

acoustic 2

    O corpo é oco e chato, em forma de oito , e feito de várias madeiras diferentes. O braço possui trastes que a tornam um instrumento temperado.

        As versões mais comuns possuem seis cordas denylon, mas há violões com outras configurações, como o violão de sete cordas e o violão baixo, com 4 cordas, afinadas uma oitava abaixo das 4 cordas mais graves do violão.

   A MUSICAMIL dispõe de aulas de violão que vai de iniciante à avançado, também do clássico ao popular.

MUSICAMIL-LOJA DE INSTRUMENTOS MUSICAIS

 

loja 02

 

A MUSICAMIL Loja de instrumentos musicais iniciou suas atividades no ano de 2009. O prof. Amilton percebendo que em Imbituba havia uma necessidade de mais opções em termos de instrumentos musicais e acessórios, decidiu que além da Escola de música, era necessário disponibilizar não só para seus alunos , mas para todo público em geral instrumentos musicais de qualidade e bom preço.

              Assim surgiu a MUSICAMIL loja de instrumentos musicais na cidade de Imbituba que em breve  estará atendendo também com loja online.A MUSICAMIL trabalha com as melhores marcas nacionais e importados.

LOJA 01

 

Benefícios de se aprender Música-

      kids 2     

 Através da música as crianças podem expressar seus sentimentos e aliviar a tensão. A música também pode criar um mundo imaginário que estimula a criatividade das crianças. A música contribui para o que os especialistas chamam de “um ambiente sensorial rico”.

           Um ambiente onde simplesmente as crianças estão expostas a uma ampla variedade de sabores, cheiros, texturas, cores e sons (música) – experiências que podem criar mais conexões entre os neurônios. Essas conexões neurais ajudam as crianças em quase todas as áreas da escola, incluindo na leitura e na matemática.

            Basta escutar música para fazer essas conexões, mas o maior impacto sobre as crianças surge quando elas participam ativamente em atividades musicais.

               A música incentiva a auto-expressão, o jogo cooperativo, a criatividade, bem-estar emocional e desenvolvimento da comunicação social. Música e canto são uma forma divertida e eficaz de ajudar crianças jovens na aprendizagem e na socialização. Crianças envolvidas com a música convivem melhor com seus colegas, têm maior autoestima, são mais tolerantes e mais propensas a ir para a faculdade.

kids 3

         Mas a melhor razão para incentivar o interesse pela música pode ser apenas o fato de ser divertido. Crianças geralmente gostam muito de cantar, dançar e ouvir música.

         Não se surpreenda ao ouvir o canto dele na cama ou enquanto estiver brincando ou fazendo serenatas para os bichos de pelúcia, principalmente se você já tinha o hábito de cantar para ele.

         Quando a música faz parte da rotina diária do seu filho, ela pode ajudá-lo a se sentir mais seguro e ambientado em seu mundo.

Musicamil  escola de Música em Imbituba SC.